Translate

SEJAM BEM VINDOS EM MEU BLOG, COMENTEM POR FAVOR, FIQUEM A VONTADE, PEDIDO DE ORAÇÃO NO FINAL DA PAGINA, FIQUEM COM DEUS BEIJINHOS.;


sexta-feira, 23 de setembro de 2011

A Geladeira e a Lixeira


A maioria das pessoas concorda que é muito bom ganhar presentes e existem ainda situações que alguns podem escolher o que vão ganhar, contrariando abertamente o ditado que diz “cavalo dado não se olha os dentes”. Particularmente eu gosto muito de cavalos, mas se eu ganhar um é bem provável que não possa aceitar, mesmo que ele tenha os dentes perfeitos. Tenho um trabalho considerável para cuidar do meu cachorro, nem consigo imaginar como seria ter um cavalo. Mas esse é outro assunto!
Gostamos de fazer suposições e de imaginar situações em que teríamos de tomar decisões ou administrar recursos, benefícios adquiridos por conquista ou vindos como presente. Em alguns essa habilidade é mais lúdica e paradoxalmente viva.
Imagine que você precise passar um mês em um ambiente sem divisões, com medidas ligeiramente suficientes para uma pessoa, nada muito grande e nem claustrofóbico. Você teria praticamente tudo o que uma casa comum tem: cama, mesa, cadeira, ventilador, televisão, banheiro, guarda-roupas, alimentos, também teria acesso a internet e um telefone. Mas antes você teria que escolher entre ter uma geladeira ou uma lixeira. Escolhendo um, não teria o outro por um mês! Sua privacidade não seria ameaçada com câmeras e não precisaria passar por outros testes para obter comida ou direito a usar qualquer coisa dentro da casa.
Parece meio sem sentido ter que escolher entre ter uma lixeira ou uma geladeira. Que importância pode haver nessa escolha?!
A geladeira é maravilhosa, sem ela não teríamos água geladinha, tão bem vinda nos dias mais quentes. Sobremesas geladas, sucos, leite, iogurte, queijo, a lista é enorme. Já parou para contar quantas vezes durante o dia você abre a geladeira? Parece ser impossível viver sem essa maravilha.
Quando comemos algo e resta um pouco em que lugar colocamos? Geralmente na geladeira, para outra eventualidade ou assalto a mesma! Guarda-se tanta coisa numa geladeira, que às vezes é necessário uma bela faxina. Aí encontramos muitas sobras, restos de alimentos, pedaços de frutas, pequenas ou grandes quantidades de coisas não muito fresquinhas.
Depois da faxina na geladeira para onde vão as sobras? Qual o destino daquilo que é dispensado? Às vezes o interior de uma geladeira se parece com uma verdadeira lixeira. Quanta coisa que guardamos que já devia estar na lixeira.
Pessoas passaram praticamente uma vida inteira frias em seu interior, armazenando muita coisa que deve ser tratada como o lixo de ser. Ninguém é pleno vivendo em meio ao lixo, muito menos se o lixo estiver em seu interior. Muitos estão sofrendo por dentro, por armazenarem sentimentos e lembranças que deveriam ter sido jogados fora. O tempo passa, mas mantêm dentro de si congelados muitos sentimentos podres, que fazem mal e ocupam o espaço do que é saudável.
O ranço, o ódio, sentimentos de culpa, frustração, traumas, e medos, tais como a vingança possuem a capacidade de enrijecer corações, de minar as forças e o sentindo da vida. Qualquer pessoa que guarde esses sentimentos ou desejos não consegue ser feliz por mais do que alguns momentos. São pessoas sem brilho, não transmitem segurança, aquela sensação de bem estar, de alegria que sentimos quando estamos perto de alguém que possuem alegria de viver, que transmite e reflete paz.
Alguém que ocupa o coração com sentimentos nocivos jamais transpirará vida, por mais que seu aspecto esterno pareça estar tudo bem, bastará uma aproximação para constatar ares de putrefação. Tentar visualizar um coração assim nos causa certa repulsa, mas esse não é um alerta para nos distanciarmos, é um sinal evidente de alguém que pede socorro, embora na maioria dos casos o doente negue.
Não se pode desistir, nem tão fácil e nem em hipótese alguma. Estando cegado por sentimentos letais e corrosivos a pessoa afirma não precisar de ajuda, mesmo que isso seja evidente. É comum ouvirmos afirmações que dizem “a pessoa tem que querer ser ajudada”, isso não se aplica aqueles que estão enganados e embriagados pelo orgulho.
A constatação desse estado de mortificação do coração é um alerta, mas não indica que podemos ser invasivos ou agressivos. Não se retira um tumor com uma lança, nem tão pouco sem amor.
Se você ler o manual do seu coração encontrará informações que dizem o que faz bem e o que faz mal. Aprenderá que não se deve guardar sentimentos nocivos, eles com certeza enfraquecem e tiram a vida.
“Meu filho, ouça com atenção os meus conselhos! Esteja sempre pronto para escutar as minhas instruções.
Elas devem estar sempre em sua mente, sempre presentes em seu coração, porque delas depende a verdadeira vida e uma saúde perfeita. Acima de tudo, meu filho, tome muito cuidado com suas emoções porque elas afetam toda a sua vida. Tome cuidado com a mentira e a falsidade; fuja delas olhe sempre para a frente, sem olhar para os lados.Pense bem antes de dar qualquer passo e andará sempre pelo caminho do bem.Não se desvie nem para a direita nem para a esquerda! Não ande pelo caminho do mal”!
Provérbios 4:20-27
O coração alegre é bom remédio para o corpo mas a tristeza na alma acaba com a saúde do homem”. Provérbios 17:22
Lembre-se, lixo na lixeira e no coração somente o que faz bem.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Versiculos Biblicos

Coloque sua propaganda aqui...

Você que tem uma empresa com produtos cristãos ou escreve livros cristãos, tem uma igreja ou quer colocar coisas para mulheres, entre em contato conosco via email ou em mensagem.
Deus os abençoe!