Translate

SEJAM BEM VINDOS EM MEU BLOG, COMENTEM POR FAVOR, FIQUEM A VONTADE, PEDIDO DE ORAÇÃO NO FINAL DA PAGINA, FIQUEM COM DEUS BEIJINHOS.;


terça-feira, 27 de setembro de 2011

Alcançando o coração de Deus!



A Bíblia diz âorai sem cessarâ (1 Ts 5:17). A oração é uma ordem, mas é também uma forma carinhosa de estabelecer a comunhão entre Deus e seus filhos. Deus tem de estar na agenda. Devocionais, planos de leitura bíblica com reflexões e oração ajudam, mas nada substitui a fórmula ímpar que mistura um coração quebrantado e elevado ao Senhor.Os cristãos são convocados por Paulo, na carta aos Tessalonicenses a buscar por Deus em oração constante. âA oração é um momento de intimidade. Somos livres para orarmos quando quisermos. Para falar com uma autoridade na terra, temos de marcar hora, mas podemos falar com Deus a todo instanteâ, disse Maria Derly, líder do Ministério de Oração da Primeira Igreja Batista de Vitória. O que ela diz significa estar em estado constante de oração, ou seja, uma vida devocional.


Entretanto, existem muitas dúvidas quanto à validade do momento ritual de oração. Sabe aquele momento de oração dentro do ônibus, indo para o trabalho? Ou antes de dormir, no qual às vezes cochilando pedidos e agradecimentos são misturados a bocejos e cansaço? âSe o coração estiver verdadeiramente quebrantado diante do Senhor, a oração chega ao trono da graça. Quem sou eu para julgar o nível de intimidade de uma pessoa com Deus? E Jesus foi o maior exemplo de que devemos falar em todas as circunstâncias com o Paiâ, explica Maria Derly, acrescentando que é importante orar agradecendo em momentos de alegria, que é preciso pedir, mas sobretudo, que é necessário adorar o Senhor.

Mas a realidade é que o cristão não sabe como orar, e Deus em sua infinita sabedoria, enviou o elo de ligação do homem com o céu: o seu Espírito Santo. Nessa relação o cristão entra com o coração quebrantado e o zelo; Ele entra com o amor, atenção, e é de forma maravilhosamente santa que Deus faz isso â(â¦) porque não sabemos o que havemos de pedir como convém, mas o mesmo Espírito intercede por nós com gemidos inexprimíveisâ (Rm 8.26).

Existe uma fórmula de oração? âNão existe uma maneira correta ou errada de orar. O ladrão da cruz não sabia como orar, mas foi respondido. É preciso entender que Deus quer sempre nos responder, mas sabe o que é melhor para nós. É só abrir o coração e ser sincero diante de Deusâ, ensina o pastor Tiago Coelho, autor do livro Orações não Respondidas, recentemente lançado pela MK Editora.
No livro, logo em sua introdução, o pastor Tiago desmistifica: âDeus não deseja viver escondido, dificultando a vida daquele que o procura. Nem tampouco tem prazer em ignorar as nossas petições. Muito menos é um pai ausente e distante, pouco se importando se estamos bem ou não. Deus deseja revelar-se, ser achado e encontrar quem o busca em comunhão íntima. O objetivo da oração é facilitar a vida e não complica-laâ.

Por que devemos orar?

O doutor Silmar Coelho, no prefácio do livro Orações não Respondidas, afirma: âMoisés orou porque era incapaz de abrir o Mar Vermelho, não porque era capaz de abri-lo. Sansão orou não porque se sentia forte, mas porque estava fraco. Davi orou não porque era santo, mas porque sabia que era pecador. Salomão orou não porque era sábio, mas porque precisava de sabedoria. Pedro orou não porque estava andando sobre as águas, mas porque estava afundando. Paulo tornou-se um ícone do cristianismo não porque nunca fez nada errado, mas exatamente porque reconheceu suas limitaçõesâ. Pastor Silmar é um conferencista reconhecido sobre assuntos de família, doutor em teologia, escritor e pai de Tiago Coelho.

Vencendo a barreira do pecado

Pastor Tiago afirma que o pecado âcria obstáculos à oração vitoriosaâ. Isso não significa dizer que apenas os santos podem orar, mas que âa oração que funciona é precedida de confissão sincera e autênticaâ. As barreiras criadas pelo pecado devem ser removidas antes da chegada ao trono do pai. âTodos somos pecadores. Entretanto, pior do que ser pecador é não reconhecer que o é, ignorando os pecados ou cometendo-os sem nenhum arrependimentoâ, enfatiza Tiago.
âà comum encontrarmos irmãos lamentando por não serem ouvidos pelo Senhor, dificilmente colhem frutos de suas orações. Onde está o erro, no Senhor Deus? De forma algumaâ, questiona o pastor Elias R. de Oliveira, do Ministério Vivos.
Elias ressalta alguns motivos pelos quais orações não são atendidas.
⢠Os objetivos (âPedis, e não recebeis, porque pedis mal, para o gastardes em vossos deleitesâ Tg 4.3);
⢠Corações impuros, cheios dos desejos carnais (âSe eu atender à iniqüidade no meu coração, o Senhor não me ouviráâ. Sl 66.18);
⢠Vida em pecado (âOra, nós sabemos que Deus não ouve a pecadores; mas, se alguém é temente a Deus, e faz a sua vontade, a esse ouveâ. Jo 9.31).
Mas pecado confessado, é pecado perdoado. âNão tenha receio de achegar-se a Deus. Nada pode nos separar do amor de Deusâ, diz pastor Tiago.
Maria Derly adiciona: âDesde que sejamos submissos e entregues a Deus, Ele nos ouvirá as orações. Ninguém pode afirmar o porquê de uma oração não ser respondida ou mesmo afirmar que a oração ânão passou do tetoâ, pois só Deus sonda e conhece o nosso coração e a pureza ou não de nossas intençõesâ.
As orações devem ser dirigidas exclusivamente a Deus.O coração deve estar livre de contendas, conforme está dito em 1 Tm 2.8. E aceitar de forma tranqüila a vontade do Senhor é outra condição. O filho deve se submeter à vontade do Pai. Maria Derly lembra que até mesmo Jesus foi submisso em sua oração quando orando disse: âMeu Pai, se é possível, passe de mim este cálice; todavia, não seja como eu quero, mas como tu queresâ (Mt 26:39)
Vigiar, orar, esperar e aceitar
O tempo do Senhor é diferente do tempo do homem. Ao homem cabe pedir com coração quebrantado, confiando nas promessas do Senhor. âDeus testa a nossa perseverança para ver se esperamos com paciência, por isso o salmista diz: âEsperei com paciência no Senhor, e ele se inclinou para mim, e ouviu o meu clamorââ, Maria Derly destaca do Salmo 40.1.
âPorque Deus sabe o que é melhor para nós. Por muitas vezes as nossas orações não são respondidas do jeito que preferimos. Mas é preciso entender que Deus sabe o que é melhor para nósâ, afirma o pastor Tiago. Ele acrescenta que a melhor forma de conviver com uma oração não respondida é âdeixar esta determinada oração nas mãos de Deus. Entendendo que na hora certa Ele irá agirâ.

Que Deus nos abencoe em nome de Jesus.Amem

Ana Mary

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Versiculos Biblicos

Coloque sua propaganda aqui...

Você que tem uma empresa com produtos cristãos ou escreve livros cristãos, tem uma igreja ou quer colocar coisas para mulheres, entre em contato conosco via email ou em mensagem.
Deus os abençoe!